Movimento Salve São José conquista recurso para realização de estudos, em capela ducentenária em Porteirinha.

Reportagem: Rádio Liberdade 87,9FM de Porteirinha-MG.
Publicado em: 17/04/2022 às 19:30.
Última atualização: 17/04/2022 às 20:40.
Visualizações: 416 Views.
Palavras chave: , , , , , , .
Rádio Liberdade 87FM - São José do Gorutuba 2
Fotografia: Alana Cantuária.

(Folha de Porteirinha e Região) – O Movimento Salve São José, que luta preservação da histórica Capela Nossa Senhora da Soledade, na comunidade de São José do Gorutuba, em Porteirinha, captou sua primeira emenda parlamentar.

A conquista foi anunciada durante a visita da Deputada Estadual Leninha (PT) à igreja, na tarde da última terça-feira, dia 12 de abril. O valor de R$ 30 mil reais, repassados pela parlamentar, será destinado diretamente para o Instituto Estadual de Patrimônio Histórico e Arquitetônico de Minas Gerais – Iepha.

Segundo Felipe Cardoso Vale Pires, diretor do Iepha, a proposta é que o recurso seja utilizado na contratação de estudos iniciais que determinarão as ações urgentes na igreja, como escoramentos, substituições de partes de cobertura, conforme necessário, e farão o detalhamento executivo dessas ações. Além disso, será feito o planejamento para sua restauração, que é a definição de quais projetos/estudos técnicos devem ser elaborados para garantir a restauração da igreja e requalificação do seu entorno.

Atualmente, o projeto de restauro completo que existe, além de estar desatualizado, é orçado em mais de 1 milhão de reais. Como não existe esse recurso disponível para a obra, a comunidade, igreja e administração municipal ficam impossibilitados de intervirem para evitar que a igreja caia, por se tratar de um bem tombado que requer mão de obra especializada.

Com os estudos que serão feitos a partir dessa emenda, espera-se que o Iepha determine ações emergenciais mais em conta, que possam, de forma paliativa, serem feitas para evitar que a igreja caia.

Apesar do recurso da emenda ser pouco, é o que a igreja precisa no momento, pois sem um projeto emergencial é impossível mexer na estrutura. A partir daí, a proposta é que outras emendas e recursos sejam conquistados para garantir intervenções planejadas.

Ao ser acionada, a deputada Leninha ainda em 2021, se disponibilizou e passou a integrar a comissão do Movimento Salve São José, participar de reuniões, tendo inclusive, intermediado reunião entre o Iepha e o grupo. Na visita à Serra Geral, Leninha também se reuniu o Bispo da Diocese de Janaúba, Dom Roberto, para tratar do assunto.

É importante que o Movimento Salve São José, juntamente com o Conselho Municipal de Patrimônio Histórico e demais atores envolvidos acompanhe a elaboração do Termo de Referencia, que vai guiar o objeto da emenda.

Além de Leninha e representantes da Associação da comunidade, também estiveram presentes a diretora do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Porteirinha, Maria Helena, os vereadores, Adão Custódio e Ney Antunes, o biólogo Elissandro Nunes, assim como os integrantes do Movimento Salve São José, Geomárcio Silva e Ivo Oliveira, secretário de Turismo de Janaúba.

Para Geomárcio, “este é o primeiro passo para garantirmos, a preservação deste bem, e sua memória, de valor tão importante para a comunidade. Essa capela, faz parte da história das cidades de Porteirinha e Janaúba, e teve fundamental importância no processo de povoamento do norte de Minas Gerais. Esperamos que com esse passo inicial, outras pessoas se mobilizem, para alcançarmos o nosso tão sonhado objetivo, que é a restauração da igreja, e a inserção da comunidade como roteiro turístico norte mineiro.”

SÃO JOSÉ DO GORUTUBA – Oficialmente, a igreja da comunidade de São José de Gorutuba, chama-se Capela de Nossa Senhora da Soledade. Não se sabe ao certo a data de sua construção, mas segundo documentação, existem provas de sua existência desde 1832. O local era o centro de movimentação da região, porém, com a construção da Barragem do Bico da Pedra, a Codevasf desapropriou toda a localidade, sob ameaça de tudo ficar debaixo da água. Com isso, o local ficou abandonado e a igreja segue sendo uma das poucas provas dessa história tão importante da ocupação de nossa região.

Movimento Salve São José conquista recurso para realização de estudos, em capela ducentenária em Porteirinha.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para o topo