Moradores bloqueiam trecho da BR-122, durante protesto na saída de Porteirinha.

Reportagem: Rádio Liberdade 87,9FM de Porteirinha-MG.
Publicado em: 23/04/2022 às 15:26.
Última atualização: 23/04/2022 às 15:52.
Visualizações: 261 Views.
Palavras chave: , , , , , , .
Rádio Liberdade FM - Manifestação Porteirinha-MG 2
Fotografia: Redes Sociais.

Moradores de Porteirinha, cidade à cerca de 600 quilômetros de Belo Horizonte, interditaram as duas faixas da BR-122, rodovia que corta a cidade. A manifestação começou no início da manhã e provocou congestionamento na rodovia. O grupo pede que seja refeito completamente a pavimentação da via, e a drenagem pluvial do trecho, que foi bastante danificado pelas fortes chuvas que atingiram a região, no o final de 2021 à fevereiro de 2022.

Conforme foi noticiado por diversas vezes em nosso portal, as chuvas torrenciais que atingiram o sul da Bahia e extremo norte de Minas, causaram diversos estragos por todo estado, e em Porteirinha não foi diferente, a cidade foi severamente impactada pelas tempestades. Os rios Mosquito e Sitio Novo, que cortam o município, e o rio Serra Branca, localizado na zona rural, transbordaram, deixando várias famílias desabrigadas. Foram registrados também, diversos pontos de alagamento, deslizamento de terra e desmoronamento de residências.

Desde então os moradores começaram a cobrar das autoridades competentes, a manutenção dos danos causados pelas chuvas. No dia 29 de dezembro do ano passado, o governador do estado, Romeu Zema (Novo), esteve na cidade, depois que imagens das inundações circularam nas redes sociais e por toda a imprensa nacional. Na ocasião, o governador prometeu destinar recursos para amparo aos atingidos, porém a prefeitura municipal cita em nota, que até o momento, não foram destinados recursos pelo estado para a reconstrução das vias de acesso ao munícipio.

Diante tamanho descaso, os moradores se viram obrigados a interromper completamente, na manhã deste sábado (23), o trecho de acesso a cidade, próximo à saída para Mato Verde. Segundo moradores, 02 meses após o fim das chuvas, nenhuma providencia ainda foi tomada com relação à via, e que o trecho tem se tornado motivo de “chacota” nas redes sociais, por viajantes que transitam pelo local.

Constantemente acionados pelos moradores, a Prefeitura alega que a obra é de responsabilidade do DER, mas que já deu a ordem para que as obras sejam executadas, e que o processo de licitação está sendo providenciado. Já os moradores dizem que a prefeitura, mesmo com recursos suficientes em caixa, só se responsabilizou pelos reparos da via, devido aos pedidos frequentes da população e dos vereadores, que divulgaram vídeos cobrando os devidos reparos. No entanto nenhum dos parlamentares estiveram presentes na manifestação.

Um comerciante alega que o problema é recorrente, e que há buracos por toda a cidade, ele tem seu ponto de comércio no local da manifestação, e diz que está perdendo clientes, pois a poeira toma conta do seu estabelecimento.

“Todos os dias da semana, passa um caminhão pipa da prefeitura jogando água pra amenizar a poeira, logo quando passou a chuva, a prefeitura jogou brita e depois areia por cima, não adiantou nada, fez foi piorar a situação, buraco e poeira. Muito vergonhoso, Afirma!”

“Por isso, nós comerciantes e a população, estamos realizando esta manifestação pacífica, com intuito de que a prefeitura ou o estado, tome as devidas providências para solucionar o problema do trecho, e dos buracos por toda a cidade. Caso nenhuma atitude seja tomada, voltaremos à fechar a pista, por um dia inteiro.” Por volta das 10:30h o protesto foi dispersado e as pistas foram liberadas.

Confira na integra, o que diz a Prefeitura de Porteirinha sobre a situação: 

Desde o dia 29 de dezembro do ano passado, o governador do Estado, Romeu Zema, esteve na cidade e o Prefeito Juracy Freire fez um apelo para que priorizasse Porteirinha na reconstrução das vias de acesso ao munícipio, contudo, não foram liberadas verbas para esta finalidade. Desde então, o Prefeito tem solicitado constantemente junto ao governo e a deputados envidar esforços para a solução deste problema. A rodovia estadual MGC 122, que corta o município de Porteirinha, ainda teve prontamente parte do trecho urbano recuperado pelo município, onde era possível recuperar com tapa-buracos.

Contudo, no trecho da RODOVIA ESTADUAL na saída sentido Bahia, onde a necessidade é de reconstrução total, o custo de refazer o trecho é altíssimo.  Mesmo a administração municipal tendo solicitado inúmeras vezes junto ao Governo do Estado providências urgentes na recuperação do referido trecho da rodovia, nenhum recurso foi liberado.

Tantas solicitações resultaram somente na visita, no dia 23 de fevereiro último, da direção do DER. Durante a visita, o diretor geral do DER-MG, Robson Santana, se comprometeu a tomar todas as providências cabíveis para que pudesse ser feita a recuperação, o quanto antes, deste trecho da rodovia estadual MGC- 122, todavia o Estado não efetuou o prometido.

Apesar de a responsabilidade pelo trecho em questão ser do Estado, o Prefeito já deu ordem para que as obras sejam executadas e o processo de licitação está sendo providenciado para execução da obra.

Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Porteirinha-MG.

Moradores bloqueiam trecho da BR-122, durante protesto na saída de Porteirinha.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para o topo