Após três décadas dedicadas a Porteirinha-MG, Irmã Mônica é transferida para Montes Claros-MG.

Reportagem: Rádio Liberdade 87,9FM de Porteirinha-MG.
Publicado em: 15/01/2024 às 13:03.
Última atualização: 15/01/2024 às 13:03.
Visualizações: 32136 Views.
Palavras chave: , , , , , .
Anuncio
Rádio Liberdade 87,9 FM de Porteirinha-MG - Após três décadas dedicadas a Porteirinha-MG, Irmã Mônica é transferida para Montes Claros-MG.
Irmã Mônica. Fotografia: Internet/Divulgação.

Após quase 32 anos de intensa dedicação à cidade de Porteirinha–MG, a Irmã Mônica, ou Porcina Amônica de Barros, como é conhecida, está prestes a iniciar um novo capítulo em sua missão religiosa. A Congregação das Filhas de Jesus está transferindo a Irmã Mônica para Montes Claros–MG.

Natural de Dores do Turvo–MG, na Zona da Mata, Irmã Mônica é reconhecida por sua atuação como terapeuta natural e sua defesa fervorosa das terapias integrativas, da produção de remédios naturais e das construções sustentáveis. Ao longo de sua trajetória, ela percorreu diversas cidades até se estabelecer em Porteirinha em 1992. Seu comprometimento com a comunidade foi notável desde sua chegada, e em 1998 fundou a ACEBEV (Associação Casa de Ervas Barranco da Esperança e Vida), uma entidade que não apenas contribuiu para a realização de ações sociais no município, mas também colocou em prática suas ideias revolucionárias.

A ACEBEV se tornou um espaço onde terapias, produção de remédios naturais e construções sustentáveis foram aplicados com sucesso, especialmente na comunidade rural da “Gangorra”, onde foi erguido um centro de boas práticas, com aplicação de técnicas de construção sustentável.

Cidadã honorária de Porteirinha, Irmã Mônica não se limitou apenas às práticas locais. Sua influência alcançou diversos grupos e movimentos sociais, como o Sindicato dos Trabalhadores Rurais, a Articulação no Semiárido Mineiro (ASA Minas) e o Coletivo de Mulheres do Norte de Minas. Ela também desempenhou um papel fundamental na formação de grupos de mulheres para trabalharem com plantas medicinais e terapias naturais.

Em 2003, a Irmã Mônica compartilhou seus conhecimentos através do livro “Acolhamos com amor tudo de bom que Deus nos dá”, uma obra referência em saúde e segurança alimentar. Além disso, suas viagens para a África e trabalhos na Amazônia mostram o alcance global de sua dedicação.

A celebração em agradecimento por sua inestimável contribuição a sociedade porteirinhense está agendada para esta segunda-feira, 15 de janeiro, às 19h, na Igreja Nossa Senhora da Assunção, e será presidida pelo Padre Eliezer.

Após três décadas dedicadas a Porteirinha-MG, Irmã Mônica é transferida para Montes Claros-MG.

Comentários

  1. Boa tarde! Tive o prazer de conhecer a irmã Mônica na congregação das Filhas de Jesus. Posso destacar a valiosa contribuição que ela proporcionou à congregação, à comunidade e, além disso, compartilhei com ela o comprometimento com as famílias do conjunto Bandeirantes. Nessa região, desempenhou um importante papel na evangelização e em ações voltadas para a melhoria da qualidade de vida das pessoas. Fico contente com sua transferência e agradeço por tudo o que fez pelo próximo. Seja bem-vinda, irmã Mônica! Que Deus a abençoe!

  2. Boa noite! Sou de Porteirinha, e minha mãe e irmãos moram na zona rural. Sempre que visito Porteirinha, participo das consultas com a irmã Mônica e suas ajudantes. Tenho grande apreço por abordagens naturais e pela irmã Mônica. Atualmente, estou morando em Montes Claros e pretendo continuar frequentando suas consultas. Que Deus a abençoe muito.

  3. Onde a irmã Mônica estará realizando seus trabalhos de terapia natural em Montes Claros?

  4. Irmã Mônica, Mulher admirável, com seu legado, deixará saudade na vida das comunidades de Porteirinha. Cabe as comunidades de Porteirinha dar continuidade. Nos visitou por meio da Emater e Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Coluna em 2009… Saúde e vida a Irmã Mônica.

  5. Conheço a irmã Mônica através de seus trabalhos. Certa vez, testemunhei uma pessoa que estava impossibilitada de andar devido à intensa dor na coluna. No dia em que essa pessoa saiu para se encontrar com a irmã, foi acolhida em seus braços, colocada no carro e, em poucos dias, estava andando normalmente. Embora a reportagem não tenha mencionado o endereço onde ela estará em Montes Claros.

  6. Nosso país precisa de mais pessoas como irmã Mônica, que se colocou a serviço daquele cidadão que precisa de ajuda e cuidados. Usa sua sabedoria com amor ao próximo e ao meu ambiente que também precisa de cuidados, porque também está doente. Valorizar a vida e o outro não é tarefa fácil, só é possível quando doamos sem usar a vaidade, demonstramos apenas a humildade.

  7. Após 30 anos em uma comunidade, essa mudança é.de vontade própria? Pergunto, pois vejo vidas em uma vida!

  8. Irmã Mônica, mulher atuante em nossa cidade, fará muita falta para nossa cidade. Gratidão por tudo que fez por todos os Porteirinhenses.

  9. O mundo precisa de pessoas como a Irmã Mônica que vive inteiramente para servir sem nada em troca, mas oque ela recebe de Jesus tem um valor imenso com muito amor. Deus te dê vida longa, irmã.

  10. A Irmã Mônica está deixando um grande legado para Porteirinha e certamente irá iniciar outro importante ciclo aqui em Montes Claros com todo seu conhecimento e experiência, dedicados sempre à causa dos pobres. Ela será recebida em nossa cidade com todas as honras que merece, seja bem vinda, irmã Mônica!

  11. Parabéns a ser humana única, que veio para fazer o bem, guiada pelos passos de Deus.

  12. Sou de Poços de Caldas–MG e gostaria de conhecer pessoalmente a Irmã Mônica. Grandiosa pessoa!

  13. Vai deixar muita saudade ao povo da região da Serra Geral. Que Deus guie a sua nova jornada nesta empreitada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo