Porteirinha recebe projeto de castração itinerante da ONG Ajuda.

Reportagem: Rádio Liberdade 87,9FM de Porteirinha-MG.
Publicado em: 06/08/2022 às 14:14.
Última atualização: 06/08/2022 às 16:20.
Visualizações: 816 Views.
Palavras chave: , , , , , , , .
Anuncio
Rádio Liberdade FM Porteirinha - Projeto de Castração Animal 2
Fotografia: Proteção Animal de Porterinha/Divulgação.

Com apoio da prefeitura municipal, Porteirinha está recebendo nessa semana a UMEE (Unidade Móvel de Esterilização e Educação) do Projeto Castramóvel, realizado pela ONG Ajuda (Aliança Juizforana pela Defesa dos Animais) e Veterinários no Asfalto. A iniciativa é da PAP (Proteção Animal de Porteirinha), que conquistou o projeto para atender a comunidade, com serviços gratuitos de castração de cães, gatos, palestras de Educação Humanitária e Ambiental. Este sábado (06) é o último dia do projeto em Porteirinha.

Segundo Joelma Lopes, da Proteção Animal de Porteirinha, o objetivo é manter o controle populacional dos animais, no sentido de promover um equilíbrio entre a saúde pública e o bem estar animal. “A solução do equilíbrio populacional é a castração. Além disso, esse procedimento traz uma série de benefícios, tanto para o animal quanto para a população, pois mantém o controle populacional, evita doenças, evita os casos de abandonos e de maus-tratos.” frisou a voluntária.

Enquanto alguns tutores ainda evitam a castração do seu pet, por acreditarem que o processo possa fazer mal à eles, o procedimento cirúrgico pode trazer uma série de benefícios para a vida e a saúde dos animais.

Para os machos: Diminui a demarcação de território (urinar em todos os cantos); diminuem as fugas atrás de fêmeas no cio; diminuem as brigas com outros animais; deixam de miar ou latir excessivamente; evita o câncer de testículo, próstata e doenças venéreas.

Para as fêmeas: Não entram mais no cio (as cadelas param de sangrar a cada 6 meses e atrair machos para o quintal; as gatas param de miar durante a madrugada e atrair gatos); a esterilização previne o câncer de mama, de ovário, infecções uterinas e doenças venéreas; evita gestação psicológica; evita mortes no parto e pós-parto; evita enfraquecimento dos ossos; além dessas vantagens, o animal castrado vive mais e tem melhor qualidade de vida.

A ONG Ajuda é pioneira no estado de Minas Gerais, a entidade tem sede em Juiz de Fora (cidade da Zona da Mata mineira), mas atua em todo o Estado de Minas Gerais, realizando operações dentro do Programa Estadual de Esterilização de Animais. O projeto é viabilizado através do apoio do governo do estado, recursos provenientes de emendas parlamentares e parcerias locais.

Além disso, a entidade já realizou em Porteirinha, com o apoio da Samarco, uma campanha de vacinação canina polivalente. Onde foram aplicadas doses da vacina V8 óctupla. Diferente da vacina antirrábica (raiva), a V8 óctupla protege contra várias doenças graves e até mortais, como: Cinomose, Parvovirose, Parainfluenza, Adenovirose, Hepatite Infecciosa e Leptospirose.

A expectativa, é que pelo menos 300 animais, entre cadelas, gatos e cães machos, sejam operados durante a estadia do projeto pela cidade.

Porteirinha recebe projeto de castração itinerante da ONG Ajuda.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo